Detalhes da notícia

Brasileiro Feminino A-2: garantidas na 1ª Fase, as Leoas Rubro-Negras só estreiam em abril

Em cima do Lance em 08 de fevereiro de 2018 às 14:13

A Fase Preliminar do Campeonato Brasileiro A-2 2018, primeira competição nacional do ano, vai ter bola rolando nos dias 24, 25 e 26 de março. São, no total, 26 equipes que jogarão em confrontos únicos, buscando uma vaga na Primeira Fase. Já garantidos nesta etapa estão XV de Piracicaba, Grêmio e Vitória. 

 

O Rubro-Negro baiano começou sua pré-temporada no dia 16 de janeiro. Acompetição marca a estreia do técnico Lucas Grillo em um torneio nacional. No comando do futebol feminino do Vitória desde setembro de 2017, o treinador disputará a Taça de Clubes Futebol Feminino do Nordeste, o Campeonato Baiano e o Campeonato Brasileiro A2, seu primeiro à frente da equipe.

 

– Estou começando o meu segundo ano no clube. Fico muito feliz e realizado de poder disputar um Campeonato Brasileiro em um nível tão forte e a expectativa é muito grande para que as coisas saiam da melhor maneira possível – declarou.

 

Por estarem garantidas na Primeira Fase, as Leoas Rubro-Negras só estreiam na competição em abril, um mês após o início da Fase Preliminar.

 

– Essa vantagem é importante para nos dar um pouco mais de tempo para trabalhar porém quando o juiz apita o início da partida, ela não existe mais. A gente tem que fazer nosso melhor em busca da classificação sempre – destacou o comandante da equipe rubro-negra.

 

O Vitória, apesar de um grupo jovem, frequentemente tem atletas convocadas para a Seleção Brasileira. A última da vez foi a zagueira/volante Tainara, de 18 anos, campeã Sul-Americana com a Seleção Brasileira Sub-20, no Equador. Além dela, a médica do clube, Nathalia Figueiredo, também fez parte da equipe campeã continental.

 

– É uma situação benéfica porque temos uma equipe com a média de idade muito baixa. São atletas muito novas porém com qualidade e algumas já passaram pela Seleção Brasileira. Ter a Tainara conosco é de extrema importância porque aumenta o nível de experiência da nossa equipe. Acreditamos que experiência são os fatos vivenciados, não os anos vividos. Ela, apesar de nova, tem uma bagagem muito grande e com certeza vai nos ajudar e colaborar bastante para o segmento das competições – concluiu.

 

Foto: Francisco Galvão / EC Vitória

Busca

Categorias