Detalhes da notícia

Procuradoria Geral da República denúncia ex presidente do Corinthians por crime tributário

Redação em 12 de dezembro de 2017 às 09:47

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, denunciou nesta segunda-feira (11) ao Supremo Tribunal Federal (STF) o deputado federal Andrés Sanchez (PT-SP) por crime tributário.


Segundo a PGR, o ex-presidente do Corinthians, junto de outros três sócios, teria usado "laranjas" para abrir uma empresa e camuflar operações financeiras, além de omitir receitas, a fim de deixar de pagar tributos no valor de R$ 8,5 milhões.


As investigações, diz a procuradoria, mostram que a empresa fazia parte do Grupo Sol, de Sanchez, que atuava no mesmo ramo, funcionava no mesmo espaço e tinha os mesmos funcionários.


Por meio do esquema, acrescenta a denúncia, a empresa conseguia diminuir o pagamento de imposto de renda, PIS, Cofins e CSLL. 

 

Além de multa e ressarcimento dos valores, Dodge pede a condenação de Sanchez a pena que varia de 2 a 5 anos de prisão.


Informações: G1

 

Busca

Categorias