Detalhes da notícia

Leninho, um ponta-direita que trocou o futebol pelos estudos

Marão Freitas em 14 de agosto de 2017 às 16:56

No passado, não se ganhava dinheiro jogando futebol. Apenas ganhavam bem os jogadores que se transferiram para o exterior, ou jogavam num grande clube do sul do país. E foi pensando assim que o pai de Wellenilson Leão Sampaio pediu ao seu filho, Leninho, um ponta-direita que despontou nas divisões de base do Vitória na década de 70, descoberto por Hélio Tapioca, para trocar o futebol pelos estudos. E foi uma atitude sensata. Hoje, o menino Leninho é um empresário do ramo de Logística e Representações, torce pelo seu clube de coração e não aguenta mais tantas decepções como a derrota de sábado para o Avai, em pleno Barradão, por 1 a 0. Leninho chegou a treinar e jogar no time titular do Vitória com Geraldão, Geraldinho e outros, tendo conquistado o título de primeiro campeão do Nordeste, competição disputada em Natal, com a equipe sendo dirigida pelo saudoso, Elba de Pàdua Lima, o Tim. Joel Zanata, Amadeu, Teixeira, Zé Júlio foram outros jogadores que atuaram com Leninho, que também foi dirigido pelo técnico Denilson, o conhecido Rei Zulu, um médio volante que se destacou no Fluminense do Rio e teve uma passagem pelo próprio Vitória como jogador.

Busca

Categorias