Detalhes da notícia

Morre Niki Lauda, lenda da Fórmula 1, aos 70 anos

Redação em 20 de maio de 2019 às 21:55

Único piloto campeão mundial pela Ferrari e McLaren, o austríaco Niki Lauda, lenda da Fórmula 1, morreu nesta segunda-feira, aos 70 anos.

 

No início do ano, o ex-piloto teve uma gripe forte após fazer um transplante de pulmão e vinha fazendo hemodiálise. Na carreira, Lauda foi campeão 1975, 1977 e em 1984. As duas primeiras pela Ferrari e a última, pela McLaren. A aposentadoria aconteceu em 1985.

 

- Com profunda tristeza, anunciamos que nosso amado Niki morreu pacificamente com sua família na segunda-feira, 20 de maio de 2019. Suas realizações únicas como atleta e empreendedor são e permanecerão inesquecíveis; seu incansável entusiasmo pela ação, sua franqueza e sua coragem permanecem um modelo e uma referência para todos nós. Era um marido amoroso e atencioso, pai e avô longe do público, que sentirá sua falta - diz o e-mail assinado com a família de Lauda.

 

Em 1997 e 2005, o austríaco havia feito transplante de rim.

 

Durante a carreira, em uma prova na Alemanha, o então piloto sofreu graves queimaduras. Abaixo, um depoimento dele sobre o acidente:

 

- Eu tive muitas queimaduras, mas me recuperei rápido. Aquilo demorou a passar, mas eu ainda estou aqui. E tenho que dizer: não, nunca tive medo. Eu estava nas mãos de ótimos especialistas e coloquei minha confiança neles. Sabia que aquele tempo demoraria, mas a única coisa que eu poderia fazer era lutar- declarou.


Foto/Conteúdo: O Globo

Busca

Categorias